Mesmo com decisão judicial, Sesab não fornece remédio a paciente com leucemia

Por Juliana Nobre (Twitter: @julianafrnobre)

Aos 61 anos, Raimundo José das Neves passa por momentos difíceis e luta pela vida. O idoso, que reside em Guanambi, faz tratamento contra a leucemia e necessita com urgência do medicamento Voriconazol, ao custo de R$ 4,5 mil, cada caixa. A Justiça ordenou que a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) forneça a substância, mas até o momento nada foi garantido. Em contato com o Bocão News, a família do idoso explica que a decisão judicial foi expedida em 9 de junho deste ano com um prazo de entrega em quinze dias.

“Meu marido está com leucemia e por conta da baixa imunidade pegou pneumonia fúngica. O estado dele é muito delica, está debilitado e precisa do medicamento para combater a bactéria. Mas é muito caro, custa 4,5 mil reais e ele só pode tomar esse. Outro medicamento prejudica os rins e corre o risco de fazer hemodiálise para sempre”, explica a mulher do idoso, Maria José Araújo.

Raimundo faz o tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS), em Montes Claros, Minas Gerais, onde reside parte da família. “A médica pediu o medicamento para o tratamento de seis meses, mas até agora a Sesab nunca nos deu retorno”, alega. O custo total do remédio é de R$ 14 mil. Maria José ainda explica que solicitou, por vias naturais, pedir o medicamento nas secretarias de saúde estadual e municipal, mas também não obteve êxito. Daí a necessidade de ingressar ação judicial.

A decisão deferida em 14 de maio de 2015, mas só chegou ao conhecimento da Sesab, em 9 de junho. A secretaria estadual encaminhou nota de esclarecimento informando que o Voriconazol está em processo de compra, porém não garante a data de fornecimento do mesmo ao paciente.

“A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) informa que apesar do Ministério Público do Estado da Bahia ter expedido a solicitação do medicamento Voriconazol para o uso do paciente Raimundo José das Neves no dia 24 de abril de 2015, esta notificação só chegou à Sesab no dia 11 de junho de 2015. A Sesab informa que está em processo de compra o medicamento Voriconazol para que seja entregue ao paciente. Para esclarecimento, a Sesab informa que tem mais de oito mil processos relacionados na área da saúde, entre eles medicamentos. São mais de 43 mil medicamentos registrados no Brasil e não seria possível manter todos em estoque”, diz em nota.

Anúncios

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s