Quadrilha metralha sede da PM e destrói banco em Cansanção, na Bahia

Os moradores do município de Cansanção, na microrregião de Euclides da Cunha, viveram uma madrugada de terror nesta quarta-feira (22). Um grupo com pelo menos 10 homens fortemente armados invadiu a cidade, intimidou as polícias Civil e Militar e explodiu uma agência do Bradesco no local.

De acordo com informações da delegacia da cidade, a ação aconteceu por volta das 2h, quando os integrantes da quadrilha chegaram no local em pelo menos quatro carros e se dividiram em três grupos – um se dirigiu para a sede da Polícia Militar em Cansação, o 1º Pelotão da 4ª Companhia da PM.

Quadrilha metralha sede da PM e destrói banco em Cansanção, na Bahia
(Foto: Gabriel Araujo/Portaldenoticias.net)

O grupo chegou atirando no local e metralhou a fachada da unidade e uma viatura que estava no local. O segundo grupo foi até a delegacia de Polícia Civil, onde atirou para o alto. “Parecia uma praça de guerra, foram mais de 300 tiros. Eles queriam intimidar a polícia e impedir os curiosos de irem observar o assalto”, relatou um morador da cidade, que preferiu não se identificar, em entrevista ao Correio24horas.

“Parecia uma praça de guerra, foram mais de 300 tiros”, disse morador da cidade
(Fotos: Gabriel Araujo/Portaldenoticias.net)


“Parecia uma praça de guerra, foram mais de 300 tiros”, disse morador da cidade
(Fotos: Gabriel Araujo/Portaldenoticias.net)

Enquanto parte da quadrilha impedia a saída das unidades de policiamento da cidade, o terceiro grupo se dirigiu até a agência do banco Bradesco e explodiu quatro terminais de autoatendimento. Ainda de acordo com a Polícia Civil, eles também tentaram estourar o cofre da agência, mas não conseguiram.

Com o impacto das explosões, a agência do Bradesco ficou completamente destruída. O teto do estabelecimento cedeu, e a fiação do local ficou exposta. Os assaltantes fugiram levando o dinheiro dos terminais de autoatendimento, porém a quantia roubada durante a ação ainda não foi determinada.

Ainda de acordo com a delegacia de Cansanção, a Companhia Independente de Polícia Especializada (Cipe/Caatinga) e as polícias Militar e Civil realizam buscas pelos suspeitos na região, mas ninguém ainda foi preso. Somente no mês de Julho foram registrados 19 ataques a bancos em toda a Bahia, de acordo com o Sindicato dos Bancários na Bahia.

(Fotos: Gabriel Araujo/Portaldenoticias.net)

 *Correio da Bahia

Anúncios

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s