Deputado defende aborto de feto com tendência à criminalidade

Parlamentar sugere ainda redução da maioridade penal para 12 anos

Laerte Bessa é relator do projeto de redução da maioridade penal na Câmara  (Foto: Reprodução/Agência Brasil)

Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br

O deputado federal Laerte Bessa (PR-DF) sugeriu uma alternativa bastante polêmica para diminuir os números da violência no país. O relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC 171) que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos, considerou que a medida é insuficiente e pregou a redução para 12 anos, em entrevista ao jornal inglês The Guardian”.

Apostando na ciência, o parlamentar propôs ainda uma outra ideia mirabolante. “Um dia, nós vamos chegar ao estágio em que poderemos determinar se a criança, ainda no útero, tem tendências à criminalidade. Se sim, a mãe não terá permissão para dar a luz”, afirmou o ex-delegado da Polícia Civil de Brasília. A redução da maioridade já foi aprovada em primeiro turno na Câmara dos Deputados no começo de julho. O texto diminui a idade penal de 18 para 16 anos em caso de graves, como homicídio doloso e lesão corporal seguida de morte.

No início de agosto acontecerá o segundo turno da votação. Mas Bessa deixou claro que considera isso pouco ainda.  “Essa lei vai acabar com a sensação de impunidade no Brasil. Daqui a 20 anos, vamos reduzir para 14, depois para 12”, afirmou.

As declarações do deputado rendeu uma critica da deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), que se se indignou. “Essas ideias refletem meu sentimento de que estamos no século 21, mas na Câmara sinto que estamos na Idade Média. Isso é fascismo. Ele vai querer fazer esse exame em mulheres negras e pobres somente. Ele desconhece o potencial positivo da nossa juventude, desconhece nosso povo”, declarou nas redes sociais.

 

*Varelanoticias

Anúncios

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s