Morre um dos quatro últimos rinocerontes-brancos-do-norte

mor

A natureza está de luto após a morte de um dos últimos cinco rinocerontes-brancos-do-norte (Ceratotherium simum cottoni). A fêmea, chamada Nabiré, morreu em decorrência da ruptura de um cisto, anunciaram as autoridades do Dvůr Králové, zoológico da República Tcheca, no último dia 28 de junho. Agora, existem apenas três fêmeas desta subespécie vivas, e um macho:Sudan, que vive em uma reserva no Quênia.

Estes animais estão em risco de extinção há anos por conta da caça humana e perda de habitat. De acordo com a Reserva Ol Pejeta, casa de Sudan e de duas fêmeas, já existiam apenas algumas dezenas deste animal vivendo na República Democrática do Congo no começo dos anos 2000. Os últimos quatro rinocerontes-brancos-do-norte selvagens foram avistados em 2007. Agora, acredita-se que já estejam mortos.

Nabiré nasceu já aos cuidados de especialistas em 15 de novembro de 1983, e desde então sofreu com um cisto uterino, que impediu que ela engravidasse naturalmente. Entretanto, os conservacionistas tentavam fazer uma fertilização in vitro – o que não aconteceu, já que o cisto se provou fatal.Agora, os especialistas vão tentar, de alguma forma, recolher os materiais genéticos tão raros desses animais, já que as fêmeas que estão vivas não têm condições de engravidar naturalmente.

“É nossa obrigação moral tentar salvá-los”, disse o diretor do zoológico, Přemysl Rabas“. [LiveScience]

Anúncios

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s