Advogado de Gracyanne Barbosa e Belo diz que casal tenta acordo para evitar leilão de bens

Um dos casais mais conhecidos no mundo das celebridades, Belo e Gracyanne Barbosa tiveram os nomes envolvidos em uma polêmica na quarta-feira (29). De acordo com informações do site Retratos da vida, do jornal ‘Extra’, os bens deles serão leiloados para pagar dívidas do casal no próximo dia 12 de agosto. Os objetos foram penhorados por conta de uma dívida que começou durante uma reforma da casa deles na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Foto: Reprodução/Instagram

Entre os bens confiscados que vão a leilão está um lustre de cristal, que ficava na sala de jantar do cantor, e é avaliado em aproximadamente R$ 18 mil. Uma mesa com cadeiras avaliada em R$ 10 mil também foi levada para leilão. Procurado pela publicação, o advogado do casal, Ivo Peralta disse que eles ainda tentam um acordo para evitar a venda.

“Já entramos em contato com a área jurídica da loja e vamos tentar acordar um valor baseado no que a lei determina, que são juros de 1% ao mês mais correção monetária. Depois pensaremos nas medidas cabíveis, pois Gracyanne desconhecia essa dívida e, a princípio, tudo foi quitado com a decoradora e sanado na época”, explicou ele.

Parte da casa de Belo e Gracyanne, na Barra da Tijuca
(Foto: Reprodução/Instagram)

Em 2010, o casal contratou a decoradora Graça Arantes, que cobrou R$ 220 mil pelos serviços. De acordo com o jornal Extra, a decoradora afirmou que o casal pagou os serviços com cheques sem fundos, e que até 2012 não teria recebido o dinheiro que era devido.

O mesmo teria acontecido com a loja de decoração Orleans LTDA. Gracyanne fez uma compra no local, em 2010, no valor de R$ 18 mil. A assessora da modelo, no entanto, negou que ela tenha visitado a tal loja. “Ela apenas deixava com sua decoradora cheques assinados em branco para que ela pudesse fazer as compras”, afirmou a assessoria para o Extra.

Gracyanne foi processada pela loja, mas não houve acordo. Os bens do casal foram confiscados para cobrir a dívida, que em 2012 já chegava a R$ 40 mil.  Belo e Gracyanne já negaram saber deste processo, e garantem que a confusão com a decorador Graça Arantes foi resolvida em um acordo.

Todos os cheques dados pela modelo foram devolvidos. O casal enviou uma declaração para a coluna Retratos da Vida, do jornal Extra, onde nega ter tido contado com qualquer prestador de serviço além da decoradora.  “Belo e Gracyanne deixam claro que todos os pagamentos foram feitos diretamente à decoradora responsável e nunca a nenhum fornecedor ou prestador de serviço”, diz a nota. Eles ainda estudam a possibilidade de entrar com um processo civil e criminal por falso testemunho.

*iBahia

Anúncios

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s