SALVADOR: Caminhoneiro é assassinado em assalto a depósito no Brongo

O caminhoneiro José dos Santos de Jesus, 39 anos, foi assassinado durante um assalto a um depósito na comunidade do Brongo, no IAPI, nesta sexta-feira (31). Ele estava dentro de um caminhão quando foi rendido por dois bandidos e assassinado com um tiro na cabeça. O crime aconteceu na Rua Dalmiro São Pedro, por volta das 11h.

De acordo com o titular da 2ª Delegacia (Lapinha), delegado Luiz Henrique Costa, dois homens ainda não identificados chegaram ao local a pé. Eles entraram no Deposito de Vassouras Pantanal e anunciaram o assalto.

Os bandidos renderam cinco pessoas: o dono do estabelecimento, três funcionários e a esposa do caminhoneiro que estava no local negociando a venda das vassouras enquanto o marido aguardava no caminhão.

“Os bandidos obrigaram as vítimas a subirem para o primeiro andar e trancaram todos dentro do escritório. Eles roubaram os celulares das vítimas e a quantia de R$ 84. Na saída, eles tentaram roubar também o caminhoneiro”, contou o delegado.

José estava dormindo dentro do caminhão quando foi surpreendido pelos bandidos. Um dos homens tentou pegar uma bolsa que pertence a esposa do caminhoneiro e que estava no banco ao lado da vítima. A tentativa de furto fez José despertar. Ele reagiu ao assalto e puxou a bolsa de volta. Irritado, um dos bandidos atirou contra o rosto da vítima. Os suspeitos fugiram a pé e sem levar a bolsa.

A porta do caminhão abriu e José caiu no chão. As cinco pessoas presas no escritório conseguiram sair e um dos funcionários do depósito socorreu o caminhoneiro até o Hospital Ernesto Simões Filho, no Pau Miúdo. Segundo a assessoria de comunicação da unidade médica, José chegou ao hospital sem vida.

Testemunhas contaram à polícia que apenas dois homens participaram da ação, mas o delegado acredita que os bandidos contaram com a ajuda de uma terceira pessoa. “Suspeitamos que eles (bandidos) são da própria região do Brongo, mas não podemos fornecer muitos detalhes para não atrapalhar as investigações”, disse.

Violência
Amigos do caminhoneiro contaram que ele era considerado um homem de personalidade tranquila e lamentaram o ocorrido. “Era um cara muito gente boa, muito tranquilo. Infelizmente, ele foi mais um pai de família que perdeu a vida para a violência”, contou um morador do Brongo que pediu para não ser identificado, por medo de represálias.

Ainda segundo ele, assaltos são frequentes na região. José era casado e pai biológico de quatro filhos. Ele também criava outras duas crianças, filhas do primeiro relacionamento da atual companheira. A família mora em Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo da Bahia. A esposa ajuda o marido nos negócios e o casal havia saído de casa às 6h para fazer as entregas em Salvador.

O proprietário do depósito contou ao delegado que o estabelecimento funciona há dez anos no bairro e que essa foi a primeira vez em que foi assaltado. José era responsável por entregar o material que era usado para a montagem das vassouras de piaçava. Ele frequentava a região há mais de cinco anos. O corpo do caminhoneiro será sepultado no sábado (1º), às 17h, em Santo Antônio de Jesus.

*Correio da Bahia

Anúncios

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s