Jovem morto no Imbuí recebeu bolsa e ia estudar na Holanda

Felipe foi abordado por volta das 2h da madrugada na rua Albert Fiúza, perto do condomínio Summertime

O jovem Felipe Rauta Cabral, 25 anos, morto na madrugada deste sábado (1º) em um assaltono Imbuí, recebeu em junho uma bolsa para estudar na Holanda. Felipe era formado em Administração e faria MBA no país holandês, para onde viajaria no mês de outubro.

(Foto: Reprodução/Facebook)

Felipe foi aprovado pelo programa de bolsas de estudo Orange Tulip Scholarship para estudar na Nyenrode Business Universiteit, na cidade de Breukelen, na temporada 2015/2016. Administrador, ele trabalhava em uma empresa de transporte e logística.

Felipe foi abordado por volta das 2h da madrugada na rua Albert Fiúza, perto do condomínio Summertime. Ele estava acompanhado de uma jovem amiga, que iria deixar em casa – inicialmente, foi divulgado que os dois seriam namorados.

Dois homens renderam Felipe e a jovem Aymée Francine e acabaram baleando o rapaz no tórax. A garota, que é estudante de jornalismo e trabalha no site Bahia Notícias, foi levada pelos bandidos e abandonada meia hora depois na Estação Pirajá. Os ladrões fugiram com o carro de Felipe, um Hyundai/HB-20 branco. Aymée não ficou ferida.

Felipe não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O caso é investigado pela 9ª Delegacia (Boca do Rio).

Anúncios

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s