Trabalhadores de postos paralizam atividades nesta segunda-feira (10) em Salvador

Sem acordo após oito rodadas da campanha salarial deste ano, os trabalhadores de postos de combustíveis decidiram entrar em greve a partir desta segunda-feira (10).

A proposta do Ministério Público do Trabalho é de reajuste de 9,5%, além da retirada do valor da multa de um piso salarial de frentista por desrespeito à Convenção Coletiva de Trabalho.

“Os péssimos patrões, proprietários de postos de combustíveis, deixaram claro e de forma firme, que não têm interesse em assinar a Convenção Coletiva de Trabalho 2015 com o Sinposba, a não ser que a entidade dos trabalhadores abra mão das multas previstas na cláusula 48ª. Isso nós não vamos aceitar em hipótese alguma; porque abrir mão da multa é dar um cheque em branco para que possam desrespeitar a Convenção que eles mesmos assinaram, por isso a greve é nosso último recurso diante do impasse criado.” Disse o presidente.

Em carta aberta, a diretoria da entidade reclama ainda que os empresários querem retirar direitos como a periculosidade para os que trabalham nas lojas de conveniências e escritórios. O sindicato aponta ainda a falta de investimento em segurança e de fornecimento de água potável em alguns postos; prática de assédio moral “simulando demissões por justa causa”.

 

*Varela notícias

Anúncios

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s